CMP – Companhia Metalgraphica Paulista
Um pouco mais sobre a Lata de Aço

Latas para Tinta, Vernizes e Produtos Químicos

A lata de aço é a melhor opção para o envase de tintas, vernizes e produtos químicos por suas características de impermeabilidade, segurança, facilidade de moldagem, resistência, praticidade no armazenamento e transporte.

O aço, por ser um material inviolável, também evita falsificações. A embalagem de aço ainda bloqueia a incidência de luz e oxigênio e, por isso, mantém a integridade do conteúdo e suas propriedades por muito mais tempo.

Além de todas essas qualidades, o aço leva vantagem em seu reaproveitamento se comparado com materiais de outras embalagens, pois é 100% reciclável. Ou seja: pode ser reciclado infinitas vezes sem perder suas propriedades e prejudicar o meio ambiente. A embalagem é facilmente separada de outros materiais por meio de eletroímã e, caso seja jogada na natureza, leva de três a dez anos para se decompor. Outros tipos de embalagens podem levar até 500 anos para se decompor.

Nos últimos anos avanços tecnológicos na produção de embalagens de aço voltadas para tinta, vernizes e produtos químicos ajudaram a desenvolver o segmento. Desde ferramentas que possibilitaram mais segurança, novos formatos e litografias diferenciadas até embalagens que consomem menos aço, reduzindo o peso e a emissão de gases de efeito estufa. Características que só a lata de aço pode proporcionar.

Estudo realizado pelo CETEA, Centro de Tecnologia de Embalagem, para levantar dados de resistência mecânica de embalagens de tinta e massa corrida, entre elas o balde plástico, barrica, caixa de papelão ondulado e lata de aço, confirmou que a embalagem de aço se destaca das outras por sua resistência e desempenho físico-mecânico frente aos ensaios de compressão dinâmica e queda livre.

De acordo com a pesquisa científica do CETEA/ITAL, a lata de aço não apresentou vazamento pelo sistema de fechamento ou qualquer tipo de rompimento no corpo da embalagem durante os testes mencionados. Isso confirma que a lata tem um sistema de fechamento eficiente que resiste aos impactos mesmo em alturas mais elevadas.

Confira abaixo dez curiosidades sobre a lata de aço e entenda as vantagens que a embalagem proporciona para o meio ambiente, envasadores e consumidores em geral:

  1. A cada tonelada de latas recicladas deixamos de extrair 1,5 toneladas de minério de ferro. A extração do minério representa o maior impacto na análise de ciclo de vida das latas;
  2. A cada 75 embalagens de aço recicladas, salva-se uma árvore que, sem isso, estaria sendo transformada em carvão vegetal;
  3. A embalagem de aço leva em média cinco anos para se decompor naturalmente. Voltando à sua forma original – óxido de ferro – sem poluir ou comprometer o solo nem o ambiente;
  4. A lata, quando coletada e destinada corretamente a uma usina siderúrgica ou fundição, pode ser reutilizada como matéria-prima infinitas vezes no processo de fabricação de novo aço sem perder nenhuma de suas propriedades;
  5. A cada 100 latas recicladas economizamos energia de uma TV ligada por 3 horas. Cada 5 kg de latas recicladas equivalem a uma lâmpada de 60W acesa por 26 horas;
  6. Mais de 20 bilhões de latas de aço são recicladas todos os anos no mundo;
  7. Todas as latas de aço são fabricadas com até 25% de sucata;
  8. Nos Estados Unidos são utilizadas 100 milhões de latas todos os dias;
  9. Com a reciclagem do aço as siderúrgicas economizam energia equivalente ao abastecimento de 18 milhões de residências por ano;
  10. Benefícios do uso do aço reciclado no processo de fabricação de novo aço: economia energética de 74%; economia de matéria prima virgem de 90%; redução no consumo de água de 40%; redução de poluentes na água de 76%; redução de poluentes no ar de 86%; redução de resíduos de mineração de 97%.

Latas para Alimentos

Com a evolução da tecnologia para embalagens, a lata de aço se tornou mais resistente, prática e segura. Entre milhares de novos atributos desenvolvidos, dois merecem ser citados: o sistema de abertura e fechamento, facilitando o envase e o armazenamento de alimentos após a abertura, e a criação da película interna flexível, que acompanha a deformação da embalagem e protege o conteúdo mesmo em caso de amassamento.

Estas, entre outras evoluções, fazem da lata de aço a melhor opção para acondicionar e proteger os alimentos adequadamente.

Os alimentos envasados na lata de aço não levam conservantes ou aditivos químicos, têm seu sabor e suas propriedades nutricionais preservadas por mais tempo e podem ser mantidos sem refrigeração, economizando energia.

A embalagem bloqueia a incidência de luz e oxigênio, fatores que aceleram a degradação do conteúdo e, por isso, conserva o alimento por mais tempo na prateleira ou em casa.

Conheça as principais verdades e mitos sobre os alimentos enlatados e a lata de aço:

1 – Embalagem de aço é a melhor opção para o envase de azeite?

Verdade. Uma pesquisa da Unicamp comprovou que a lata de aço é a melhor opção de embalagem para preservar o azeite e suas propriedades nutricionais. Diferente das outras embalagens transparentes, a lata de aço não permite e incidência de luz e oxigênio e evita a oxidação do produto, conservando seu sabor e propriedades por mais tempo.

2 – Alimentos enlatados não são prejudiciais à saúde?

Verdade. Os alimentos envasados em latas de aço não só são saudáveis como, em alguns casos, têm mais valor nutricional que sua versão in natura. A lata preserva naturalmente o sabor e todas as propriedades nutricionais dos alimentos, sem necessidade de conservantes ou aditivos químicos. Além disso, seu processo de fabricação destrói os micro-organismos e elimina em 99% os resíduos de pesticidas.

3 – Os produtos ficam protegidos na lata de aço?

Verdade. A lata de aço impede o contato dos alimentos com a luz e o oxigênio que deterioram as propriedades dos alimentos, acelerando reações químicas e alterando, por exemplo, seu sabor, cor e consistência.

4 – Lata amassada compromete a qualidade dos alimentos?

Mito. Mesmo se a lata estiver amassada não há problema algum em consumir o alimento, pois as embalagens são revestidas por uma película protetora que resiste a deformações. Porém não devemos consumir latas perfuradas ou estufadas, pois indica reações químicas inadequadas para o consumo.

5 – Tomate em lata tem mais licopeno do que o tomate in natura?

Verdade. O tomate enlatado possui três vezes mais licopeno do que o tomate tradicional, devido ao seu processo de cozimento dentro da própria lata. Estudos comprovam que o nosso organismo absorve melhor o licopeno quando exposto ao cozimento, ou seja, o calor aumenta a biodisponibilidade da substância, tornando-a mais presente do que nos tomates frescos.

6 – Milho cozido em casa é menos calórico do que o milho enlatado?

Mito. O milho enlatado é 40% menos calórico do que o milho cozido em casa.

7 – Os alimentos enlatados são econômicos?

Verdade. Os alimentos enlatados oferecem melhor custo-benefício, são saborosos, nutritivos e permanecem preservados por mais tempo, evitando desperdícios. Além disso, com enlatados você não gasta energia para preparar ou armazenar os alimentos, pois eles não precisam de refrigeração.

8 – Alimentos enlatados não causam botulismo?

Verdade. O bolutilismo não está relacionado à embalagem. É uma forma de intoxicação alimentar rara, mas potencialmente fatal, causada por uma toxina produzida pela bactéria Clostridium botulinum presente no solo e em alimentos contaminados e mal conservados.