CMP – Companhia Metalgraphica Paulista
Prolata instala Ponto de Entrega Voluntária de embalagem reciclável no Ministério do Meio Ambiente

Prolata instala Ponto de Entrega Voluntária de embalagem reciclável no Ministério do Meio Ambiente

Post 21-06

Instalação será inaugurada no Dia Mundial da Reciclagem e marca a expansão da primeira entidade gestora de embalagens no País

No próximo dia 17 de maio, Dia Mundial da Reciclagem, a associação Prolata, em parceria com a empresa Triciclo, instalará na sede do Ministério do Meio Ambiente (MMA), em Brasília, um posto exclusivo de entrega voluntária e revalorização de embalagens pós consumo (PEV).

A iniciativa vai marcar a expansão do programa de PEVs do setor de embalagens de aço. Somente no primeiro trimestre deste ano, a Prolata já recolheu mais de 7 mil toneladas de latas de aço pós consumo, que foram encaminhadas para revalorização na indústria siderúrgica.

O PEV do MMA foi desenvolvido pela Triciclo Soluções Sustentáveis. Ao se inscrever no programa da Triciclo, os consumidores que depositarem as embalagens usadas no posto de coleta ganham pontos que podem ser convertidos em benefícios, como verba para transporte, livraria, conta de luz e celular.

“Queremos estimular a cultura da reciclagem. Por isso, este PEV será multimaterial e aceitará, além de latas de aço, também latas de alumínio, embalagens do tipo longa vida e garrafas PET”, detalha Thaís Fagury, presidente da Associação Brasileira de Embalagem de Aço (Abeaço) e diretora da Prolata. A executiva explica que as embalagens depositadas no ponto de coleta do MMA serão destinadas a uma cooperativa parceira do Prolata no Distrito Federal.

Criada em 2012 pela Abeaço, a Prolata conseguiu implantar uma cadeia de reciclagem que reúne fabricantes, varejistas, consumidores, catadores e indústria siderúrgica. Hoje, são 55 cooperativas parceiras, em 31 municípios e 11 estados, mais o Distrito Federal, envolvendo quase 1.500 cooperativados.

Até o fim do mês de maio, além dos 30 PEVs já disponíveis nos estados de São Paulo e Mato Grosso, estarão funcionando mais 21 para recolhimento de latas de aço pós consumo, todos na Baixada Santista, em São Paulo. No total, a Prolata ficará com 51 PEVs em operação. O programa conta também com 22 entrepostos, que fazem o recebimento de grandes volumes e encaminham as latas de aço para indústrias siderúrgicas.

“Queremos trazer mais visibilidade ao Prolata, que foi a primeira entidade gestora da embalagem pós consumo a ter um termo de cooperação aprovado pelo Ministério do Meio Ambiente. É importante mostrar que podemos revalorizar materiais de embalagens de forma simples e eficiente, beneficiando o meio ambiente e toda a cadeia de produção e consumo”, finaliza Thaís.

Fonte: Atuais News – 13/05/2021


About the Author