CMP – Companhia Metalgraphica Paulista
Embalagens de aço garantem maior conservação dos alimentos em dias quentes

Embalagens de aço garantem maior conservação dos alimentos em dias quentes

Post 18-03

Como estamos em um país tropical, é natural que a comida se deteriore mais rapidamente. Uma excelente solução são os alimentos enlatados, que, além de saborosos, dispensam o uso de conservantes químicos, pois as embalagens de aço preservam as proteínas, os lipídios e os glicídios, bem como os valores nutricionais de verduras, frutas, peixes, frutos do mar e carnes.

Outra grande vantagem é a possibilidade de adquirir alimentos enlatados já prontos. Eles são preparados na própria embalagem, utilizando altas temperaturas para destruir os microorganismos nocivos à saúde, mantendo o conteúdo esterilizado até que a lata seja aberta.

Existem várias opções no mercado para diversos paladares, desde saladas, pescados e até feijoadas. Veja abaixo algumas sugestões de alimentos enlatados para aproveitar o Carnaval e reabastecer a energia após as folias:

Milho Verde: já vem cozido, é rico em carboidrato, portanto, pode ser uma ótima opção para substituir o arroz ou outras fontes de carboidratos. É só abrir a lata e saborear!

Atum: prático, rico em proteínas e ômega 3, o atum pode ser usado tanto como prato principal como recheios. Não precisa ser aquecido e já vem pronto para o consumo.

Molho de tomate: preparados com ingredientes frescos e selecionados, os molhos estão prontos para a utilização. São ricos em licopeno, poderoso antioxidante. Basta aquecer para servir com a massa de preferência.

“A atenção especial ao tipo de embalagem pode garantir uma alimentação saudável e ajuda na contribuição com o meio ambiente. As latas de aço são 100% recicláveis e retornam para a siderurgia infinitas vezes”, finaliza Thais Fagury, presidente da Associação Brasileira de Embalagem de Aço (Abeaço).

Tags:,

About the Author

André Rodrigues

 

Be the first to comment “Embalagens de aço garantem maior conservação dos alimentos em dias quentes”