CMP – Companhia Metalgraphica Paulista
Em um ano, pontos de entrega de latas de tinta vazias na Baixada Santista já são importante alternativa

Em um ano, pontos de entrega de latas de tinta vazias na Baixada Santista já são importante alternativa

Post 06-08

No dia 29 de junho do ano passado, foi inaugurado o primeiro ponto de entrega voluntária (PEV) de latas de tinta pós-consumo do Prolata na Baixada Santista. Passado um ano, muitos resultados podem ser comemorados.

A partir da instalação pioneira em uma loja do Baratão das Tintas em Santos, outros oito pontos foram abertos, proporcionando aos consumidores e pintores da região uma ótima alternativa para descartar corretamente as suas embalagens. Tanto é que, neste primeiro ano de funcionamento, já foram recolhidas muitas centenas de latas de tintas, cujo peso total superou 330 kg.

Além de Santos, hoje há PEVs em Guarujá, São Vicente e Itanhaém, estando programadas novas unidades nos demais municípios do litoral sul de São Paulo (Bertioga, Cubatão, Mongaguá, Peruíbe e Praia Grande) até o final de 2021.

Esses locais formam parte das ações conduzidas pelo Prolata na Região, a partir do Termo de Cooperação Ambiental firmado entre Abeaço, ABRAFATI, Artesp e o Grupo de Atuação Especial do Meio Ambiente (GAEMA), do Ministério Público de São Paulo. Representam, também, um importante avanço no trabalho voltado para o atendimento à Política Nacional de Resíduos Sólidos, com base no conceito de responsabilidade compartilhada estabelecido nessa legislação.


About the Author

André Rodrigues

 

Be the first to comment “Em um ano, pontos de entrega de latas de tinta vazias na Baixada Santista já são importante alternativa”